fbpx

E-News Mensal

Font size: +
2 minutes reading time (365 words)

RELAÇÕES DE IGREJA

steve chavez2Nosso lugar na história

Quem diria que fazer história pode ser tão algo difícil? Aqueles que lêem a história superficialmente podem ser perdoados por verem a história como uma série de eventos que tiveram um começo, um meio e um fim. E apenas isso!

A Guerra Civil dos Estados Unidos, por exemplo, começou com o bombardeio confederado sobre Fort Sumter em Charleston Harbor, em 12 de abril de 1861 e terminou com a rendição de Lee ao oficial Grant na localiadde de Appomattox, em Virginia, em 9 de abril de 1865. Mas os restos daqueles quatro sangrentos anos ainda se fazem sentir 156 anos após o fim das hostilidades entre o norte e o sul dos Estados Unidos.

Na verdade, a violência dos brancos colonizadores contra os afro-americanos não terminou com a Guerra Civil. Os linchamentos, a violência em massa e a repressão aos pretos foram praticados até o século XX. E a atual legislação de supressão de eleitores é provavelmente uma manifestação moderna de manter os eleitores de pretos "em seus lugares".

Muitos de nós testemunhamos grandes avanços nos direitos humanos estendidos a indivíduos LBGTQIA+ ao longo dos últimos anos. O direito ao casamento, de terem empregos sem discriminação, de exercer um cargo público através do voto pupular, essas conquistas dificilmente poderiam ser imaginados há 50 anos.

No entanto, a luta continua. Legisladores em muitos estados ainda estão dificultando a adoção de crianças por casais LGBTQIA+, a adoção de crianças por indivíduos transgêneros,  e também a proteção de indivíduos LBGTQIA+ contra assédio e importunação sexual. O fanatismo não vai embora; em alguns lugares - até mesmo nas igrejas - parece estar ficando mais forte.

Jesus disse: “Neste mundo tereis aflições. Mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo” (João 6:33, NVI). Progresso está sendo feito em direção a uma sociedade na qual as pessoas possam viver livremente, independentemente de raça, sexo, religião ou orientação sexual. É nosso privilégio contribuir para esse progresso, estar do lado certo da história.

"Não nos cansemos de fazer o bem." diz o apóstolo Paulo, “porque no tempo certo faremos uma colheita, se não desistirmos” (Gálatas 6: 9).

Stephen Chavez, diretor de relações da Kinship Internacional e a Igreja Adventista

×
Stay Informed

When you subscribe to the blog, we will send you an e-mail when there are new updates on the site so you wouldn't miss them.

MENSAGEM DO PRESIDENTE
FAMÍLIAS E AMIGOS